menu-mob.png

O valor da Gestão de Dados Mestres no e-commerce

August 31 2018

Cada vez mais, pessoas têm preferido lojas virtuais às físicas. Esse movimento é impulsionado pelo surgimento de novas tecnologias, maior acesso à Internet e popularização de dispositivos móveis inteligentes. Há 15 anos, o Brasil apresentava uma população que não se arriscava a comprar por meio de um clique. O cenário mudou e, em 2017, o País registrou mais de 55 milhões de consumidores digitais ativos, segundo dados do radar Webshoppers. O crescimento do comércio eletrônico motiva a necessidade de empresas otimizarem seus processos de produção e distribuição, o que pode ser obtido por meio de uma Gestão eficiente de Dados Mestres.

shutterstock_335123117-784326-edited

As soluções que mais agregam aos negócios e que melhoram os indicadores de TtV (Time to Value) são aquelas que encurtam o tempo de lançamento de produtos no mercado e minimizam os processos manuais. Nesse sentido, o uso de ferramentas para automação é imperativo para o sucesso do varejo online. Para exercer liderança na acirrada competição e construir uma base de clientes fidelizados, empresas do setor precisam dispor de ferramentas capazes de agilizarem seus processos de logística.

Ao planejar um lançamento, varejistas precisam ter um pacote de marketing completo que inclua: descrição do item no idioma local, etiquetas de preço e imagens que serão publicadas no site, em anúncios e nos catálogos impressos. Nesse momento, surgem inúmeros dados referentes ao produto, como tamanho, peso e certificados. O lojista adiciona a essas informações dados de vendas, incluindo textos criados em idiomas relevantes para mecanismos de pesquisa na Internet.

Muitas dessas informações são adquiridas e preparadas manualmente para o departamento ou agência responsável pela impressão do catálogo e atualização do site. No entanto, o fato desses conjuntos de dados estarem inseridos em diferentes sistemas dificulta sua coleta e processamento.

 Para facilitar o gerenciamento dos dados e economizar tempo, tornando a logística mais eficiente, é recomendável investir na solução de Gestão de Dados Mestres (MDM – Master Data Management). Essa ferramenta agrega, qualifica e apresenta em um formato unificado dados de origens diferentes, ou seja, cria um “Golden Record” que pode ser ainda mais enriquecido pelo varejista com atualizações ao longo do tempo. Até mesmo empresas de tradução geralmente contratadas para cuidar de parte dos anúncios de um lançamento podem se conectar ao sistema MDM e fornecer a localização da descrição do produto, por exemplo.

A Gestão de Dados Mestres, além de ler diferentes formatos de arquivos, como XML ou CSV, reúne todas as informações do produto e dos programas de gerenciamento de ativos de dados. Dessa forma, é possível agrupar o conjunto de referências por completo, exportando um arquivo PDF diretamente para as empresas que prestam serviços de impressão.

O gerenciamento automatizado dos diversos dados oferece economia de tempo ao varejista, que alcança vantagem competitiva ao lançar seu produto com todas as informações reunidas em uma única base. Essa operação evita a ocorrência de erros que poderiam ser causados devido à complexidade que envolve a administração de dados massivos. Para prevenir falhas como essa, nada melhor que investir em novas tecnologias que automatizam os processos e os tornam eficazes.

Pesquisas globais indicam que consumidores preferem o comércio eletrônico por ser uma alternativa disponível 24 horas, sete dias por semana (24/7), por oferecer preços mais acessíveis, praticidade na comparação de produtos e conveniências como otimização do tempo, geralmente gasto em filas para pagamento ou retirada de produtos. Isso significa que o conforto é um dos principais atrativos para o consumidor moderno. Cabe às empresas a responsabilidade de garantir um ambiente seguro, otimizado, amigável e conveniente.

Com os benefícios proporcionados pela Gestão de Dados Mestres, todo o processo de logística do e-commerce pode ser aprimorado, resultando em economia de um ativo valioso como o tempo. Esse modelo de gestão reduz custos e melhora as experiências dos clientes, um aspecto do mercado consumidor que precisa estar no centro de qualquer modelo de negócio conduzido por varejistas que entendam a importância de proporcionar jornadas de consumo personalizadas e proativas.




← Previous Post
Next Post →